6 Informações Pra Atualizar O Currículo Com Sucesso

10 Dicas Pra Conseguir Emprego Em Meio à Crise

Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, porém que não cobrem todo o assunto, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2018). Por favor, insira mais fontes no texto. Instrumento sem referências poderá ser removido. Nos últimos 30 anos o Pará vivenciou novo ciclo eficiente, fundado pela extração e exportação mineral, definindo novos padrões econômicos e territoriais, com a instalação pela região dos denominados, grandes projetos mineradores (da indústria de extração mineral). Mais tarde, no decorrer do regime militar, é descoberto o potencial de Carajás no sudeste do Pará, principalmente no que tange à commodity de ferro.

Advertisement

Deste jeito, foi concebido o Programa Grande Carajás (PGC), no incipiente município de Parauapebas, para extrair as riquezas minerais e colocá-las à aplicação do mercado internacional. As décadas de setenta e oitenta presenciaram o desenvolvimento dos empreendimentos mineiros no estado do Pará, inseridos pela estratégia assumida pelos governos militares, ainda na segunda metade da década de 70, de buscar relativa complementaridade da base industrial nacional.

De forma que, no fim de 1985, a CVRD iniciou a lavra daquela mina, que contava, na sua primeira fase, com uma usina de beneficiamento do minério com perícia pra processar até 700 mil toneladas/ano. A Vale atua com a produção de Manganês pela mina do Azul, em Parauapebas. A descoberta do minério de ferro na Serra de Carajás aconteceu nos anos sessenta pela organização U.S Stell. ] Depois de 10 anos da descoberta, a U.S Stell se associa a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD), originando a Amazônia Mineração (AMZA), todavia essa associação não durou bastante tempo. Este fato aconteceu graças a divergências de ideias onde a U.S.

Advertisement

Stell tinha o melhor de elaborar as jazidas mais lentamente que a CVRD, outro ponto para essa dissociação foi a relutância da U.S. Stell em executar com tua porção no que se alega aos enormes investimentos pra construção da ferrovia (procurar nome). Como consequência, a CVRD compra a parcela da U.S. Por Que Você Quer Trabalhar Neste local? assume sozinha as responsabilidades do projeto da AMZA, não obstante, passa ter problemas para atingir financiamentos adicionais.

O Programa Extenso Carajás foi um programa pensado, tendo como centro a mineração e siderurgia, porém que assim como pudesse atuar como dinamizador do desenvolvimento regional. O projeto S11D da Vale é um empreendimento de dimensões superlativas que irá adquirir o superior volume de investimentos privados no Brasil com a probabilidade de dar um novo fôlego ao desenvolvimento econômico e social no Pará e no Maranhão. O município de Parauapebas experimentou profunda transformação social, econômica e territorial com implementação de projetos de mineração, principlamente de ferro, pela mineradora Vale. Haja visão que, para a mineradora, representa tal uma estratégia de diversificação da sua geração, quanto de procura pela hegemonia global no setor de mineração.

Advertisement

]Dessa maneira,pelo acontecimento da mineração ser uma atividade de grande encontro social, trabalhista e ambiental. O Ministro De Minas E Energia a mineração se instala em uma cidade, as decorrências são imediatas. A população aumenta desordenadamente, com trabalhadores atraídos na ilusão do emprego descomplicado. Os defeitos de transporte, residência, educação e saúde pública aumentam, dado que o sistema não comporta tal expansão. ]Sendo assim, é na escala recinto que se manifestam as principais contradições, uma vez que o violento desenvolvimento econômico proporcionado na investigação mineral resulta, em compensação, pela ampliação das disparidades socioeconômicas locais. ↑ Pacheco, Nathalia (2013.). Doze Mandamentos Pra Uma Carreira De Sucesso Uso do Território e História da Mineração no Estado Do Pará.» (PDF). Resumos do XXIV Seminário de Iniciação Científica da UFPA.

↑ Trindade, José Raimundo (2014). «O Período Mineral e a Emergência de Políticas de Desenvolvimento Ambiente: O Caso do Município de Parauapebas do Sudeste do Estado do Pará». Revista de Políticas Públicas - São Luís. ↑ a b c Pressas, Carolina (2012). «Instituições e desenvolvimento em municípios de base mineira: os casos de Parauapebas-Pa. Itabira-MG.» (PDF). Dissertação de Mestrado. Centro de Desenvolvimento Sustentável.

Advertisement

↑ Trindade, José Raimundo (2012). «Mineração e políticas de desenvolvimento local para o município de Parauapebas no Pará» (PDF). ↑ Santos, Breno (2002). «Recursos minerais da Amazônia.». Revista Estudos Avançados - USP. ↑ Oliveira, Clariana (2008). «Políticas de Estado e o amplo capital pela Amazônia: o caso da mineração no Pará.». Monografia- Curso de Ciências Econômicas, Instituição Federal de Santa Catarina.

↑ a b CETEM. «Exploração de minas de ferro em Carajás razão progresso desordenado em Parauapebas (PA).». ↑ a b Coelho, Tádzio (2014). «Projeto Grande Carajás: trinta anos de desenvolvimento frustrado. Rio de Janeiro: IBASE, 2014» (PDF). Revista IBASE, Rio de Janeiro. ↑ a b c Júnior, Horácio (2014). «O Programa Grande Carajás e Conflitos Territoriais No Maranhão.» (PDF). ↑ Vale, S.A (2013). «Projeto ferro Carajás S11D: um novo impulso ao desenvolvimento sustentável do Brasil.» (PDF). Revista, Rio de Janeiro.

Share This Story

Get our newsletter